terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Obrigada 2013!

Obrigada Janeiro, porque você chegou me dando a consciência de que eu poderia e deveria fazer algo para lutar pelos meus sonhos,
obrigada porque já no primeiro dia do ano você mais uma vez me mostrou o quão é importante e gratificante fazer de tudo pra ver nossos pais bem e felizes.

Obrigada Fevereiro, por ressaltar a importância da união na família quaisquer que sejam as dificuldades presentes, o amor supera tudo.

Obrigada Março, por me trazer o último ano da casa dos 20, por eu ter podido comemorar num lugar escolhido por mim, cheio de energia e boas vibrações.

Obrigada Abril, por me permetir participar de um momento importante na vida de uma amiga de infância e de quebra encontrar tantos amigos das antigas, pessoas que apesar da distância estarão pra sempre na minha vida e no meu coração.

Obrigada Maio, por continuar me mantendo em contato com grandes amigos, apesar da correira é sempre bom revê-los. e MUITO MUITO obrigada por me permitir ter participado do último aniversário em vida do meu avô Zotte.

Obrigada Junho, por me mostrar que não perdemos nada em acreditar e confiar, que com fé podemos chegar aonde quisermos.

Obrigada Julho por me mostrar que mudanças são necessárias, em todos os sentidos.

Obrigada Agosto, por me trazer força de onde não sabia que eu tinha, por me fazer suportar a despedida de uma das pessoas mais importantes da minha vida.

Obrigada Setembro, por me permitir conhecer lugares novos, culturas novas, novos sabores.

Obrigada Outubro, por realizar um dos meus grandes sonhos, o de começar a escrever.

Obrigada Novembro, porque voltei a me exercitar e os benefícios pro corpo, pra mente e pra alma são incontáveis.

Obrigada Dezembro, pelo auto conhecimento que me trouxe, de maneira tão difícil às vezes, tão sofrida, mas necessária.

Obrigada 2013, pode sair de cenário que 2014 vem vindo aí...

Valeu!!!

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Que 2014...



...seja doce e que o doce excessivo seja nas pessoas e não nas comidas,
que tenha abraços apertados de amor e não de despedidas,
que tenha sonhos realizados e muita coragem para correr atrás deles,
e também sonhos a realizar para encorajar chegarmos aos dias seguintes,
que tenha mais créditos que débitos, sem endividamentos,
que tenha tempo livre para ser aproveitado, curtido e lembrado,
e que não seja tempo livre o suficiente para deixar tédio ou cabeça vazia para pensamentos indesejados,
que tenha manhãs cor de rosa, tardes ensolaradas e noites frescas,
que tenha chuva em abundância para plantar, mas que não tenha chuvas que destroem e desabrigam,
que tenha arco íris com potes de ouro ao seu final,e que cada um saiba enxergar seu ouro,
que tenha saúde preventiva e não corretiva,
que tenha bom senso, principalmente na convivência coletiva,
que tenha cooperativismo, compromisso e companheirismo e que assim as pessoas possam caminhar juntas e unidas ao lado uma da outra, e não correndo das outras para chegar primeiro,
que tenha segurança e confiança - para dar e receber,
que tenha paz, pra exigir e proporcionar,
que tenha defeitos e que as pessoas possam conviver e aprender com eles,
que tenha reciprocidade - do que há de bom
e do que não é tão bom assim, que não seja grandioso o bastante para despertar raiva, tristeza ou sede de vingança,
que tenha olhos nos olhos e que traga verdades inteiras, nem meias verdades nem mentiras sinceras,
que tenha tudo o que desejarmos e tudo mais que estiver traçado para nós.
E que tenhamos o 2014 inteiro, na nossa mão, para lapidar cada um à sua maneira, de forma que seja pleno e feliz!









terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Dezembro chegou...

e com ele a correria do final de ano,
o consumismo desenfreado,
as filas em lojas e bancos,
as correspondencias de renovação de assinaturas, matrículas, etc,
os pedidos para caixinhas dos funcionários,
as férias coletivas,
aumento do trafego nas estradas,
o 13º salário,
os sorteios de amigo secreto,
a necessidade de fazer tudo que desejou este ano mas que até agora não foi possível.

É...dezembro chegou!
Chegou rápido, com pressa, parece que atropelou os outros onze meses e chegou vigoroso, cheio, como quem veio para ficar, como se não houvesse janeiro nem outro ano ansioso esperando pela estréia.

Dezembro chegou mas trouxe com ele coisas boas também, e que por essas coisas sim, valeria a pena que ele chegasse para ficar, e realmente ficasse!

Dezembro traz gentileza entre as pessoas,
traz vontade de ajudar ao próximo,
traz mudança - pro bem,
traz sonhos,
traz listinhas de realizações pessoais,
traz desejo de coisas boas,
traz a chance daquele irmão menos favorecido ser lembrado,
traz luz para as cidades,
traz lindos enfeites que alegram a vista e a alma,
traz o Papai Noel e de quebra o brilho no olhar e a esperança despertada,
traz o Menino Jesus para dentro das casas e das vidas das pessoas,
traz reflexão do que passou no ano e por isso mesmo traz aprendizado,
traz o próximo ano e promessas para que ele seja mágico.

Dezembro chegou!
Então que seja pleno, intenso, cumpra seu papel e desperte os melhores sentimentos nas pessoas.
Fique...mas fique os 31 dias a que tem direito com a maior qualidade que puder e dê passagem para um ano surpreendente para todos nós!